Dino, o mascote d'O Muro

domingo, 13 de junho de 2010

Mais um

Clique p/ ampliar

2 comentários:

Angela disse...

Amei estas uvas! e achei que os poemas estavam doces e bem maduros!

Anônimo disse...

Palavras são como uvas. De vez em quando consigo extrair delas o vinho da poesia.

Abração
do Gorj.