Dino, o mascote d'O Muro

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

RESENHA - BONSAIS ATÔMICOS

Bonsais Atômicos

por Arth Silva*



Para um autor de micronarrativas é fascinante ler outro autor do gênero, principalmente quando esse é bom.


Há alguns dias, recebi do meu editor, Wilson Gorj – também é um dos meus escritores preferidos –, um presente chamadoBonsais Atômicos, de Denison Mendes. O livro, que logo no título já faz uma analogia aos seus microcontos bombásticos, é composto por mais de uma centena de microcontos e poemas mínimos, ambos inicialmente postados no Twitter e, devido a qualidade, publicados pelo selo 3x4, da editora Multifoco/RJ.


Como disse no início, quando um autor lê outro do mesmo gênero e encontra um bom texto, ele sempre escreve o frustrado microconto em sua cabeça: “Eu queria ter escrito isso!”.


Em vários nanotextos, senti essa inveja positiva, logo transformada em admiração e respeito, a qual, aliás, sempre tem o poder de nos inspirar.


Certa vez, algum sábio disse: “O bom escritor é aquele que escreve muito, em poucas palavras”. É exatamente isso que Denison Mendes faz, misturando gêneros, estilos e climas, que resultam na grandiosidade dos seus microcontos de 140 caracteres. Alguns repletos de poesia: “Desperta-me em braile, suplicou, cega de amor, na noite branca dos lençóis”. Outros, de uma cínica sabedoria: “No leito de morte, o ateu questionava-se: ‘Se vou para o céu, porque vão me colocar embaixo da terra?’”. Ou comédia: “A Eva foi a primeira garota-propaganda da Apple. ‘Steve Jobs’”.


Há ainda aqueles de um tamanho e profundidade que raramente consigo alcançar, como este: “Desato-me em nós”.


Resumindo, o livro Bonsais atômicos é uma pérola nas mãos daqueles que apreciam o microconto e, por conseguinte, a boa literatura. O espaço no qual esses textos foram gerados é uma lição ainda maior, mostrando-nos que não há lugar para a arte. Seja no Twitter, seja no guardanapo, no muro, no SMS ou no rabisco feito na palma da mão, o bom escritor faz sua arma atômica em qualquer lugar, provocando uma explosão de palavras e a emoção de uma geração.


Leia esses Bonsais e tire suas próprias conclusões. Outros textos do autor podem ser lidos em seu blog:


http://www.bahrboletras.blogspot.com/)
___________________


*Arth Silva é autor do livro Contos à queima-roupa, selo 3x4, ed. Multifoco.

ISCARIOTES

A descoberta de ter sido o traidor em outra encarnação, levou-o ao desespero; e este, ao suicídio.
Enforcou-se pela segunda vez.


gORj

DE VOLTA AO PLANETA

Tragada pelo Buraco Negro, a cápsula espacial saiu no exato ponto por onde segundos antes havia entrado, como se tivesse dado uma volta rápida e completa. Chegou o momento de voltar a Terra.Em solo firme, o astronauta foi pego de surpresa: todo o planeta havia sido tomado por baratas gigantes.


Último espécime da raça humana, logo ele descobriu, da pior maneira possível, que além de gigantes as baratas eram carnívoras. gORj

miQRoconto

Texto codificado. Aprenda a decodificá-lo
e aproveite para conhecer os outros microcontos.