Dino, o mascote d'O Muro

quarta-feira, 30 de julho de 2008

LETRÁRIO EDITORA: NOVOS CONTOS

Vale a pena conferir.

A Viagem de Volta, de Angela Schnoor; O Alfaiate do Rei, de Carlos Alves; A Palavra Proibida, de Elisabeth Perestrelo; O Atraso, de Fernando Dinis; A Grande Ceifadora, de Flávio Mello; Apenas Palavras, de José Eduardo Lopes; A Puérpera Benevolente, de Sofia Vieira; Um Regicídio Anunciado, de Vítor Gil Cardeira.
Acesse agora.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

PRIMAVERA

A viúva tingiu os fios brancos, pôs o vestido florido e foi à gafieira.
Na calçada, o velho ipê também se vestira de flores.

[w.G.] +

Img.: fotografia


Pé d'água

A caminho de casa, pegou carona no guarda-chuva da vizinha.
Suas meias secaram atrás da geladeira dela.

[w.G.]+Simplicíssimo.
Img.: google.

sexta-feira, 18 de julho de 2008

sexta-feira, 11 de julho de 2008

CALHAMBAQUE!


O carro era vermelho e as curvas, de Santos.
“Por favor, pare agora!”, gritou a jovem guarda, tentando alertá-lo para a cratera na pista.
O motorista não escutou.
Dentro do carro, a canção do Roberto tocava mais alto.
[w.G.]+2

quinta-feira, 10 de julho de 2008


Entregou-se ao mar de corpo e alma.
Infelizmente, só foi aceito pela metade.
As ondas devolveram o corpo à praia.


[w.G.] + Releituras.
Img.: Praia do Espírito Santo - Akaki.

sexta-feira, 4 de julho de 2008

CAPITU MANDOU FLORES

AUTORES ATUAIS REESCREVEM MACHADO DE ASSIS
No centenário da morte de Machado de Assis, com organização do premiado contista, doutor em Letras pela Unicamp e professor universitário Rinaldo de Fernandes, a Geração Editorial lança a antologia Capitu mandou flores: contos para Machado de Assis nos cem anos de sua morte, que, além de incluir os dez melhores contos de Machado, traz um conjunto de narrativas recriando esses dez melhores contos e passagens/situações do romance Dom Casmurro. São autores renomados, emergentes e jovens promessas da literatura brasileira atual que reescrevem Machado de Assis na antologia: Lygia Fagundes Telles, Moacyr Scliar, Hélio Pólvora, Cecília Prada, Nelson de Oliveira, André Sant’Anna, Fernando Bonassi, Glauco Mattoso, Ivana Arruda Leite, Andréa del Fuego, Marcelo Coelho, Deonísio da Silva, Daniel Piza, Godofredo de Oliveira Neto, Bernardo Ajzenberg, João Anzanello Carrascoza, Antonio Carlos Secchin, Leila Guenther, Marilia Arnaud, Rinaldo de Fernandes, Raimundo Carrero, Mário Chamie, Aleilton Fonseca, Tércia Montenegro, Maria Valéria Rezende, Maria Alzira Brum Lemos, W. J. Solha, Amador Ribeiro Neto, Carlos Gildemar Pontes, Nilto Maciel, Aldo Lopes de Araújo, Suênio Campos de Lucena, Carlos Ribeiro, Ronaldo Cagiano e Sérgio Fantini. [...] +

TRÊS RIOS

[
TERMINAL
Às margens do rio Aqueronte, eu sentei e esperei.
[w.G.]+2 rios
Img.: José Benlliure Gil (1855-1937), La Barca de Caronte.
à A.S.

quarta-feira, 2 de julho de 2008

FÍGARO!

Ignorava que a amante era casada com um barbeiro.
Por ironia do destino, um dia foi barbear-se, justamente, no salão do marido traído.
O destino não é só irônico. Às vezes, é também cruel.
A par de tudo, o barbeiro lavou a honra com sua melhor navalha.
[w.G.]+3

Vislumbres de um género em expansão

"Até há pouco tempo vista como um género marginal, e talvez por isso quase invisível no plano mediático, a micronarrativa está a ganhar cada vez mais espaço e importância [...]"<clique