Dino, o mascote d'O Muro

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

VINGANÇA

Olhei pela fechadura e vi meu pai em cima de minha mãe. Senti tanto ódio dele que corri para o banheiro e me masturbei demoradamente, aos prantos, até ver murchar a haste do desejo.

.
Nilto Maciel
Escritor. Autor de Carnavalha , seu oitavo romance. Além de romances, tem ainda publicados oito volumes de contos, como o Pescoço de Girafa na Poeira, composto também por minicontos.

Um comentário:

Angela disse...

O nome agora é ódio?
Tenho achado alguns destes contos parecendo saídos de mentes tão dodóis!!!!
Não sou moralista mas acho que a turma anda meio inconsciente demais e com a agressividade ocupando espaços de outros sentimentos... sei lá!