Dino, o mascote d'O Muro

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

FIGURANTE


Rodavam o VT. Entre as cenas, uma intrusa.
O diretor deu um murro na mesa.
- Quem é essa? – questionou.
Emocionado, o ator respondeu:
- É minha mãe...
- Já disse para não trazerem familiares nas gravações!
- ...falecida.

.
gORj

3 comentários:

Angela disse...

AMEI!
muito boa idéia.Falecidos sempre dão um it aos contos! :D

Racionalismo Filosófico e Espiritual disse...

Como assim? ahn?

Anônimo disse...

R.F.E.:

Imagine uma ilha de edição. Estão lá atores e o diretor revendo as cenas gravadas. De repente, eis que surge da tela, ao fundo do cenário, uma intrusa: a mãe de um dos atores do filme. O diretor reclama, acreditando que a mãe do ator viera ao set acompanhar/assistir/vigiar/bisbilhotar/etc o filho. Daí a revelação: era, sim, a mãe dele, mas o fantasma dela. Mais ou mesmo como este caso:
http://desciclo.pedia.ws/wiki/Fantasma_do_filme_Tr%C3%AAs_Solteir%C3%B5es_e_um_Beb%C3%AA

Abraços.