Dino, o mascote d'O Muro

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

REPETIÇÃO

Amigos e parentes vivem me dizendo que devo procurar ajuda psiquiátrica. Um psiquiatra, dizem amigos e parentes. Acham que eu tenho um problema psicológico. Um problema na cabeça, é o que acham. Dizem que essa minha mania de repetir o que eu digo não é normal. Como assim, não é normal? Ora, isso é absolutamente normal! Quem nunca repete as próprias palavras? Quem nunca se repete, afinal? Quem? Quem?!

.[wgorj]

2 comentários:

Angela disse...

quem sabe um psiquiatra robótico possa compreendê-lo! Ótimo este mini.

tiago mesquita disse...

"Mas você não acha que precisa procurar uma ajuda psicológica?

Digamos que quero ser um instrumento nas mãos da poesia, quero deixá-la fazer música com meu corpo, em todas as minhas interações, na totalidade das minhas expressões."


Fez lembrar essa passagem registrada no meu blog.

http://tiagomesquita.blogspot.com/2008/10/bate-boca-com-mesquita-1.html

Interessante perceber que as palavras são nosso divã.
Um brinde à expressão.