Dino, o mascote d'O Muro

terça-feira, 17 de maio de 2011

Resenha de Mayrant Gallo

obra do selo 3x4


Como qualquer gênero literário que subverte a tradição, o miniconto também já possui seus inimigos. Recentemente, em conversa com um escritor numa livraria, o miniconto veio à baila, e o autor, sem meias palavras, me disse: "Miniconto é bobagem, porcaria, coisa de quem não tem assunto nem sabe escrever; não é literatura". Com efeito, também não tinham assunto nem sabiam escrever Julio Cortázar, Jules Rénard, Jean Cocteau, Yasunari Kawabata e tantos outros. E eles não foram literatos, não fizeram literatura. [continue lendo>>]

2 comentários:

Lidi disse...

Ótima a resenha do Gallo, sempre certeiro. Gostei dos minicontos do Arth: um literato de mão cheia. Um grande abraço, Gorj.

Angela disse...

Gostei muito desta resenha.
Ficou me faltando ler o livro. mas por pouco tempo.
Um abraço amigo.