Dino, o mascote d'O Muro

terça-feira, 17 de maio de 2011

O PESSIMISTA


Ela o olhou por cima dos óculos de sol e disse sorridente: “Entre um pessimista inteligente e um otimista idiota, eu fico com o primeiro”.
Abriu-se um sorriso bobo no rosto imberbe. Enfim, ela lhe dava preferência. Aquela declaração só podia significar uma coisa: “Ela está caidinha por mim!”.
Pensava nisso e sonhava. Pensava nisso e não percebia que naquele momento, ele, o suposto pessimista, estava sendo simplesmente um idiota otimista.

.gORj

2 comentários:

Cynthia Lopes disse...

gosto da ironia!
bjs

Angela disse...

Que maravilha! amei!!!!!!!!!!