Dino, o mascote d'O Muro

quinta-feira, 6 de março de 2008

O conto de fadas da menina feia

Das irmãs, a Zinha era a mais feia, como também era a mais feia da escola, da rua, do bairro... Nas festas, não ficava com ninguém. Uma vez até arrumou namorado, mas aí a família do rapaz o levou ao oculista e, no dia seguinte, a Zinha já era só Zinha. As velhas fofoqueiras diziam “pobre Zinha, nunca vai arranjar marido”. Elas não sabiam, mas o destino da Zinha foi o mais lindo de todos: virou uma estrela e brilha até hoje no céu. Não é muito fácil de enxergar... a não ser para as meninas feias que acreditam em contos de fadas.
Leia mais Minicontos do autor.

Um comentário:

Angela disse...

Este livro do Leonardo é incrível, imperdível para todo jovem e seus pais.
Além de adorar ler os contos, aprendi muito com eles!