Dino, o mascote d'O Muro

domingo, 23 de março de 2008

CAÇADA

Era um macaco esperto. O mais vivo e inteligente do bando. Ao ver um caçador que entrara na floresta, seguiu-o longa e cautamente, escondendo-se prudentemente por trás das folhas, enquanto ele ia dando tiros e matando os animais que via.
Viu e estudou como ele carregava a espingarda e como cuidadosamente mirava e apertava o gatilho.
Assim, quando o caçador encalorado resolveu tomar um banho na cachoeira, o macaco sorrateiramente se apoderou da espingarda e, gritando de contente, subiu para a árvore mais próxima.
Ao sair, nu em pêlo da água, o caçador levou um susto quando viu o macaco de arma apontada para ele. Um susto e um tiro bem no meio da cara.

Eno Teodoro Wanke
Da coletânea de minicontos - BABEL.

Um comentário: