Dino, o mascote d'O Muro

segunda-feira, 11 de julho de 2011

FLORES E LÁGRIMAS

Sempre foi violento. Por qualquer motivo me espancava. Agora, veja só, até parece outro homem. Toda semana me traz flores: deposita-as no meu túmulo e as rega com seu remorso.

gORj

5 comentários:

Angela disse...

muito bom!
Conheço uma história parecida.

José Marins disse...

Estarrecido o viúvo olha para o buquê de rosas vermelhas sobre o túmulo. Retira-se, desconsolado, com seu ramalhete de margaridinhas.
-
josé marins

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog.
Muito interessante !

É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
http://bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já !

Evilanne disse...

Intenso e incrível!

mural do ajosan disse...

Nossa, Wilson, esse é ótimo, e eu imaginando qualquer outro desfecho. Obra-prima, amigo.