Dino, o mascote d'O Muro

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

SUPER-HERÓIS

Banhado de álcool, o garoto ateou fogo ao próprio corpo, acreditando que assim se transformaria no Tocha Humana.
Felizmente, os pais chegaram a tempo de evitar uma tragédia maior.
Plásticas depois, mesmo apesar do trauma, o menino ainda continua fã de super-heróis. Porém, o seu predileto, agora, é o Homem de Gelo.
Por precaução, os pais botaram um cadeado na geladeira.

4 comentários:

Linhas do desassossego disse...

isso é pra lá de divertido!

Angela disse...

Deixei recado no simplicíssimo!
credo, como se pode ser simples com um nome complicado?
Este conto é ótimo, só não é bom a meninada viver em função destes heróis pré-fabricados!

Frau disse...

Parab´nes!Amei o blog! Contos curtos e muito inteligentes! Com ctz, voltarei mais vezes!

José Rosa (ZeRo S/A) disse...

Rs...rs...rs...rs... É preciso precaução. Sempre.