Dino, o mascote d'O Muro

domingo, 27 de abril de 2008

Preto no branco


A arte de escrever é, por essência, irreverente e tem sempre um quê de proibido: algo assim como essa tentação irresistível que leva os garotos a riscar a brancura dos muros.

Mario Quintana

Mais
Quintanares

Um comentário:

Angela disse...

neste 27 de abril seu conto deu banho no do Quintana e olha que tudo que ele escreve é lindo!